Grupo criminoso planejava atentado em Dourados em retaliação a operação contra o tráfico
Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News

Publicado em:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

A ação que ocorreu nesta terça-feira (29) e terminou com a morte de dois membros de facção criminosa e um preso em Dourados, também impediu um atentado do grupo, em retaliação a operação “Narco Brasil”, que intensificou os trabalhos de prevenção e repressão ao narcotráfico.

De acordo com o delegado do SIG, Erasmo Cubas, assim como ocorreu no município de Ivinhema, onde carros e casas foram incendiados em ação contra a polícia, os criminosos planejavam um ataque em Dourados, com alvos e a suspeita de atentados contra prédios.

Entretanto, a polícia impediu a ação do grupo em Dourados, efetuando a abordagem que terminou no confronto.

O fato ocorreu após investigações dos policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG), com apoio do Batalhão de Choque da Polícia Miliar, na “Favelinha”, região do Jóquei Clube.

Ayslan Cleismar Esquivel Rodrigues e Wanderson Douglas dos Santos, 21 e 23 anos, respectivamente, foram a óbito após troca de tiros com a polícia enquanto Matheus da Costa Depin, 18, foi preso e autuado por tráfico de drogas, associação ao tráfico e porte ilegal de arma.

Ainda de acordo com o delegado do SIG, a operação visava desarticular o grupo criminoso suspeito de praticar vários crimes em Dourados, entre eles, o assalto da distribuidora de bebidas no Jardim Novo Horizonte. Inclusive, os indivíduos mortos são os principais suspeitos do crime.

Por: douradosnews

Veja
também

Curta nossa página no Facebook

E fique por dentro dos acontecimentos em Dourados e região