Adolescente de 12 anos confessa ter iniciado ataque que matou indígena
Crédito: Osvaldo Duarte

Publicado em:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Neste domingo (27), dois adolescentes, de 12 e 14 anos, foram apreendidos acusados de matar Edemilson Flores, 37, a pedradas, na Aldeia Bororó, Reserva Indígena de Dourados. O mais novo confessou que começou o ataque atirando uma pedra contra a vítima e o comparsa ajudou.

Conforme informado pelo Dourados News, o indígena foi encontrado morto com golpes de pedra na cabeça em uma estrada de acesso ao CRAS (Centro de Referência em Assistência Social).

À polícia, os adolescentes disseram que passavam pelo local quando encontraram Edemilson, que passou a atacá-los por causa de uma briga antiga.

A dupla foi apreendida em flagrante por ato infracional de crime de homicídio e deverá ser encaminhada para medida socioeducativa.

Por: douradosnews

Veja
também

Curta nossa página no Facebook

E fique por dentro dos acontecimentos em Dourados e região